25/03/2017

AMADEO DE SOUZA CARDOZO

Esteve recentemente em Lisboa uma exposição sobre este extraordinário pintor que apesar de ter vivido tão poucos anos, chegou a um lugar cimeiro na pintura mundial.  Deixo-vos com uma pequena amostra, para quem não teve oportunidade de ver. Espero que gostem.


































Para quem estiver interessado em saber mais sobre este extraordinário pintor português, aconselho um documentário passado em tempos na RTP2
https://youtu.be/t6oCn2tcamw

18/03/2017

CASA BOCAGE

 Não podia partir de Setúbal sem visitar a casa Bocage. Este espaço museológico tem, em exposição permanente, peças de arte e livros do Museu de Setúbal/Convento de Jesus e documentos da Biblioteca Pública Municipal de Setúbal que retratam a figura e obra de Bocage, nascido em Setúbal em 1765.
Em complemento, existe a cenografia de uma sala com uma figura de Bocage.
No primeiro andar, está instalado um Centro de Documentação Bocagiano, ligado, pela internet, a bibliotecas e centros de estudo. No edifício funciona também o Arquivo Fotográfico Américo Ribeiro.

 Uma gravura de Setúbal, na época do poeta
 Foi Bocage um homem muito viajado
 Fragmentos de poemas 







 Este quadro retrata Bocage e as musas. Segundo me foi dito, este quadro do pintor setubalense Fernando dos Santos, seria originalmente igual à reprodução fotográfica em baixo. 
Acontece que o quadro terá sido considerado imoral, porque uma das musas estava algemada e totalmente exposta, e porque a moral da época achou que uma obra que retratava uma orgia, não podia ser considerada arte,  pelo que a obra foi retirada de exposição e guardada por longos anos numa armazém da câmara. Nos anos 50, houve um movimento para recuperar a obra que se encontrava muito degradada, mas foi pedido ao pintor que em vez de sugerir uma orgia, deveria sugerir um quadro cênico de um bailado, pelo que o pintor terá feito a reprodução fotográfica do original e recuperado a obra como se vê. A musa virou bailarina, e as expressões de êxtase, foram substituídas, por outras mais 
artísticas.
Ampliando as fotos pode ver-se as diferenças.
















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...