07/04/2020

FERNANDO PESSOA

Neste tempo difícil de isolamento social, não há muito de novo para vos mostrar, embora tenha em stock muitas fotos de outros tempos
Assim sendo, eis aqui o registo fotográfico de um passeio de estudo realizado na quinta feira.
 Antes da entrada na Casa em Campo de Ourique
 A entrada para a Casa
 Como sabem Fernando Pessoa se interessou por muitas coisas. Entre elas a astrologia. Eis a sua carta astral.
.Esta arca foi encontrada depois da sua morte cheia de escritos inéditos. Hoje ela contém os escritos rejeitados pelo poeta, encontrados amachucados em cestos de papéis.
 O quarto onde o poeta viveu os últimos 15 anos da sua vida. Sobre a cama o seu chapéu
 Um dos seus fatos e os sapatos
 A sua máquina de escrever
 Alguns dos seus objetos pessoais, entre os quais, os óculos
 O seu retrato 
 Escadas de acesso ao piso superior onde se encontra o sonhatório
 Colegas de estudo subindo as escadas. Por todo o lado imagens e mensagens do poeta
 O seu bilhete de identidade
 O poeta adorava ler e gostava de escrever nos livros as suas impressões.
 O sonhatório. Neste espaço, de computadores, com simples toque de dedos pode ter acesso à vida do poeta, aos seus sonhos e ao seu amor por Ofélia. 
Aqui um curioso gráfico elaborado pelo poeta, sobre as linhas de elétrico que passavam passavam pela casa de Ofélia, e o tempo demorado no percurso.
 Isto porque ele namorava no metro, e  Ofélia tinha hora marcada de chegar a casa depois do trabalho, e nos anos vinte os pais eram muito rigorosos com as filhas. Conhecendo o trajeto mais longo e horários,  eles podiam ficar um pouquinho mais de tempo juntos, antes de apanharem o elétrico, e depois Ofélia desculpava-se que se tinha enganado no elétrico
e tinha apanhado um dos mais demorados


Bom fim de semana

31/03/2020

ARTE DE RUA - REEDIÇÃO

Olá. Boa tarde. Antes de mudar de post a resposta à pergunta que ninguém deu. Estas imagens encontram-se na passagem subterrânea do comboio Barreiro-Setúbal, na localidade da Baixa-da-Banheira.

                                                             *********


Em Janeiro acompanhei o marido a uma clínica a fazer uns exames  e no caminho encontrei estes trabalhos. Alguém sabe onde se encontram?














08/03/2020

DIA 8 DE MARÇO DE 2020 - DIA INTERNACIONAL DA MULHER


PARA TODAS AS MULHERES QUE POR AQUI PASSEM, DEIXO UM POEMA DE UMA AMIGA QUE JÁ ANDOU POR AQUI, E A QUEM PERDI O RASTO HÁ ANOS.



MULHER



Mulher é vasto conceito
Mas direi, num improviso:
É nada, quando dá jeito;
Faz tudo quando é preciso.

É Filha da sua Mãe,
É Neta da sua Avó
Às vezes sente-se bem
Às vezes sente-se só.

É Irmã do seu Irmão
Sobrinha da sua Tia
E varre à noite do chão
O lixo de cada dia.

É Aluna do seu Mestre
É Colega e Companheira
Ora trabalha ao semestre
Ora vai vender p´rà feira.

Amiga da sua Amiga
Amante do seu Amor
De dia apanha espiga
À noite abre-se em flor.

Enfermeira no hospital
Ou 2ª Mãe na creche
Ora a Morte vê, fatal,
Ora o bebé que remexe.

Artista, Diva ou Escritora
Desconhecida ou genial
Engenheira, Professora,
Pode dar Bem e haver Mal.

Também como não é santa
Muitas asneiras comete
Mas se tiver força tanta
Corrige-se e não repete.

Pode ser que seu Amor
Seja o seu Homem também
Se por acaso não for
Pode escolher outro Alguém.

Pode ser que seja rica
Pode ser que seja pobre
Que vá buscar água à bica
Ou pinte no salão nobre.

E se um dia for Avó
Mãe pela 2ª vez
Pode desatar-se um nó
E fazer o que não fez.

Pode sempre viajar
Ou d´aldeia não sair
Mas se amar, rir e cantar
Mundos há-de descobrir.

E se às vezes se vir só
De todos abandonada
Ficará de meter dó
Se não for desenrascada.

Um dia velha e cansada
Vai-se embora desta guerra
Mas se amou e foi amada...
Será semente na terra.

Leonor 2007


Leonor Nascimento.

03/03/2020

NOTÍCIAS


Boa tarde.
Como sabem fui hoje ao hospital de Santa Maria, à consulta por causa da cirurgia feita no passado dia 20.
Ora bem, aquilo que aconteceu é que eu tive o que se pode dizer, "meia consulta".
Eu explico. Como vos contei, na verdade eu fiz duas cirurgias numa, ou como os médicos chamaram, uma cirurgia combinada, a primeira relacionada com a retina, a segunda com o transplante da córnea.
Hoje fui atendida pela médica que fez a parte relacionada com a retina. Examinou-me, disse-me que em relação a essa parte, estava tudo bem, e perguntou-me quando ia tirar os pontos da córnea.
-Não sei, ninguém me disse nada - respondi
-Então ainda não foi à consulta com o doutor que lhe fez o transplante da córnea? - perguntou
- Só me deram um papel para esta consulta - respondi.
- Bom vou pedir que lhe marquem a consulta, porque essa parte não é comigo, têm que ser o médico que lhe fez o transplante que tem que ver como está e marcar a data para tirar os pontos. O que eu lhe posso dizer é que está em fraco processo de cicatrização, não há sinais de rejeição nem infeção.
-Senhora doutora, e ver? - pergunto com uma certa ansiedade
-Ah! para isso é ainda muito cedo, não fique nervosa.
E pronto depois de mais uns esclarecimentos que lhe pedi em relação aos cuidados daqui para a frente, fui entregar o pedido da consulta com o cirurgião que fez o transplante, na secretaria, onde me disseram que o cirurgião se encontra doente e depois me avisam pelo telefone logo que a consulta seja marcada.
E pronto... é tudo.

19/02/2020

INFORMANDO



Informo os amigos que por aqui costumam passar, que amanhã estarei finalmente fazendo o transplante da córnea, 
e que não sei quando poderei voltar a este espaço.

Sejam felizes

16/02/2020

ONDE É QUE EU ESTAVA?

Pois é a Pousada  do Castelo em Alcácer do Sal.
Acertaram a Luísa e a Ana Freire



Ora bem, para quem gosta de desafios cá está mais um. Este muito simples para quem aqui costuma vir e tem boa memória pois já aqui apresentei várias fotos do local.
Ora bem as duas fotos pertencem à mesma cidade. O que eu pretendo além do nome da cidade é que me digam o sítio exato onde foram tiradas.

11/02/2020

MAIS UM DESAFIO... - REEDIÇÃO

E este desafio chegou ao fim.  Acertaram 

Manu  


A minha gratidão a todos os outros leitores que participaram



Ora bem, quem me conhece há mais tempo, sabe que gosto de borrar telas. Não porque tenha especial talento para isso, mas porque essa é uma maneira de me libertar do stress diário. Infelizmente agora os olhos não me deixam brincar com os pincéis.
Este quadro, pintado por mim,há uns anitos, representa uma localidade. Será que são capazes de me dizer qual?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...