13/07/2020

A SOCIEDADE RURAL ALENTEJANA ANTES DE 1974

Continuamos no Museu Municipal da Vidigueira
 Estas fotos dispensam grandes palavras, pois basta olhá-las e por elas imaginar como era a vida na altura.
 Um carrinho de bebé e um cesto que servia para compras, mas também como mala de viagem.
 A foto de uma ceifeira
 Aqui um enxoval de bebé
 Uma senhora de alta sociedade.
 Um cavalinho de madeira alegria de muitas crianças.
 Uma cama de bebé, e no chão uma boneca de porcelana.
 Peças em cetim, delicadamente bordadas.
  O Rosário, o Missal, uma touca de renda, um travessão e outras peças, tipicamente femininas.




 Uma mala de enxoval com bonitas peças bordadas. É evidente que se trata de peças de gente, com uma boa posição social.

 E aqui temos os objetos de uso masculino.


 A caderneta militar
 E um senhor impecavelmente vestido.
 Sabem o que isto é? Pois uma "banheira" que lembra aquelas que víamos nos filmes do velho Oeste americano.
 Um lavatório. Bom, até meados do século XX eram pouquíssimas as casas com casa de banho. E as pessoas tinham que se lavar, não é mesmo?
 E então aqui temos um móvel que durante a noite ficaria assim mas que de dia se se fecharia, e parecia uma cómoda. É a avó da sanita, que usamos hoje. Isto existia nas mansões dos grandes senhores.
 E na casa dos pobres havia um penico que se ocultava na parte inferior da mesa de cabeceira.
As fotos de uma família num artístico quadro feito em cortiça.

 Aqui diversas bolsas femininas feitas de retalhos.
 E a arma o cantil e outros objetos masculinos.
 E o móvel "toca-discos"
Espero que tenham gostado.

06/07/2020

ESCOLA PRIMÁRIA NO SÉCULO PASSADO - MUSEU DA VIDIGUEIRA

 Por favor ampliem as fotos
Esta é uma sala de aulas na Vidigueira, Alentejo, na primeira metade do século XX. Não muito diferente daquela que eu e muitos de vós frequentámos.. Recordemos então...
 O grande quadro preto.
 Num país que tinha por lema, Deus. Pátria e Família, não podia faltar na escola o Crucifixo.
 Nesta sala a família real, que englobava as outras duas vertentes, a Família e simultâneamente a Pátria. Naquela que frequentei, em vez desta representação familiar tinha o Salazar.
 A secretária da professora e claro, não podia faltar, a régua, com que ela nos aquecia as mãos quando não sabíamos a lição.
 O Globo e o ábaco.
 O mapa do corpo humano para as ciências.
 A caixa métrica onde se guardavam algumas formas de medição.
 Esta foi uma das raras escolas do país, onde as turmas eram mistas. Talvez porque não houvesse outra nem na vila, nem nas localidades mais próximas.
A Gramática.
As carteiras
 livros

 O mapa, onde tínhamos que saber, todas as serras, rios e seus afluentes, estradas e caminhos de ferro.
 Um armário para guardar livros
 o relógio
 Vários utensílios nesta estante, entre elas todos devem reconhecer as nossas "tablets" ou iPedras. Eram fantásticas e nunca se acabava a bateria.
 Alguns livros
Os vários pesos
 As medidas
 As várias figuras geométricas
outras medidas.
 transferidor e outros utensílios

 canetas
 como eram os nossos cadernos
 O livro de leitura
 A ariymética

 Aqui um boletim de passagem e o diploma. Ainda têm os vossos?
 Uma prova escrita de exame
E finalmente o manual de boas maneiras.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...