08/01/2019

LENÇOS BORDADOS

alguns dos lenços bordados pelas colegas da UTIB, Universidade da Terceira Idade do Barreiro expostos no final do ano letivo  passado. Em Fevereiro fizeram a exposição dos lenços de namorados em Abril a dos lenços da Liberdade, e estes os do final do ano.
Espero que gostem









06/01/2019

FELIZ DIA DE REIS



Termina oficialmente hoje, o interregno que a humanidade faz todos os anos, para fingir ser boazinha, para fingir preocupar-se com os deserdados da fortuna, para fingir que quer um mundo de paz, mais justo e mais solidário. 
Guardam, bem guardadas , a ambição, a usura, a corrupção, as armas, e fingem...fingem...fingem...
Amanhã, abrem-se as gavetas, onde foram guardadas, e volta a cavar-se o fosso entre aqueles que tudo têm e os que morrem à mingua, entre os que atacam e os que não têm como se defender, entre os ditadores e os oprimidos. Até Dezembro.
Nessa altura, volta o interregno. Até lá que cada um de nós viva o melhor possível. E já agora, que cada um de nós faça da sua parte o que possa para a mudança que todos desejamos.
Feliz dia para todos.

29/12/2018

RECEITA DE ANO NOVO


RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 

Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumadas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 

Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.
Carlos Drummond de Andrade

21/12/2018

MENSAGEM DE NATAL





 Estamos a poucos dias do Natal. Todo o mundo anda atarefado com as últimas compras, as últimas prendas. É o bacalhau ou o polvo para a ceia, o peru ou o cabrito para o almoço, a prenda para o pai ou o avô que ficou para o fim.
E os presentes, alguém se lembra dos presentes? 
- Ora essa,- dirão vocês. Pois não estão lá já amontoados debaixo da árvore? 
E eu responderei. “ Não, Isso são as prendas” E não me olhem com essa cara de quem está a pensar, que estou caduca, já não sei o que digo. Porque presentes não são a mesma coisa que prendas. Presentes não têm preço, ao contrário das prendas que muitas vezes se compram com sacrifício e quantas vezes nem agradam a quem as recebe. Presentes não se  encontram nas lojas dos grandes centros comerciais. Nem tão pouco nas lojas de bairro. Presente é a mão amiga que se pousa em silêncio, num ombro entrecortado por soluços. Presente,  é o telefonema que alguém recebe, sem assunto, mas que quebrou a sua solidão e levou um pouco de alegria à sua vida. Presente, são os cinco minutos de atenção que alguém esquecido recebe, é o beijo que se dá sem ser esperado, um abraço que partilha a alegria e a dor. Presente, é o receber um gesto de amor sem ser mendigado.
E nem precisa ser Natal para sermos generosos e distribuir estes presentes. Afinal o Natal, pode e deve ser vivido durante o ano inteiro.
Um Santo e Feliz Natal, e que 2019 seja o melhor ano das vossas vidas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...